UMA GRANDE MANCHA DE ÓLEO NAS ILHAS MAURÍCIO PODE SER VISTA ATÉ MESMO DO ESPAÇO!

Com carregamentos de lubrificantes, óleo diesel e combustível o navio japonês MV Wakashio, acabacou se colidindo com um recife de corais, quando trazia esses carregamentos da China para o Brasil, esse acidente aconteceu na Ilhas Maurício situada na costa oriental da África, ao meio do oceano índico. Após algumas semanas depois do ocorrido, a marca de óleo está visível até mesmo do espaço.

(imagem/edição:Joedson)


As fotos tiradas por vários satélites da mancha de óleo fazem parte de todos os esforços na tentativa de controlar os danos ambientais. 


Com as marés bastante agitadas pela região, não teve como o navio ser estabilizado e assim não conseguiram conter o vazamento. Então, as equipes locais de resgate e a empresa da embarcação, foram acompanhar a situação através dos satélites.


《((《FOTOS/IMAGENS》))》


(Fonte: Agência Espacial Europeia)

 (Fonte: Maxar Technologies)

 (Fonte: Maxar Technologies)

 (Fonte: Maxar Technologies)

 (Fonte: Maxar Technologies)


Todas as fotos que foram apresentadas no dia《12 de agosto》foram pegas na plataforma de colaboração International Charter Space and Major Disasters, que durante emergências permitem assim o acesso a dados de satélites a várias equipes de resgate. Com isso, algumas imagens foram captadas por pelo mesmos um (1) satélite da empresa  Maxar Technologies e com a ajuda da ESA (Agência Espacial Europeia) foi feito um realtorio.


O acidente aconteceu perto da área de proteção ambiental Pointe d'Esny, ele precupa muito, principalmente, por ter acontecido perto da Pointe d'Esny que é uma das mais importante área de proteção ambiental. A mancha de óleo esta indo para lugares de turismo e de pesca, que são essenciais industrias para a economia da Ilhas Maurício.


Além disso, a mancha está chegando a regiões de turismo e pesca, duas indústrias essenciais para a economia das Ilhas Maurício.


Comment

Postar um comentário